Prefixos verbais alemães: Separável vs. Inseparável

Compreender as nuances dos prefixos verbais alemães é essencial para dominar a língua. Entre estes prefixos, existe uma distinção entre prefixos separáveis e inseparáveis, cada um com as suas próprias regras e implicações. Vamos analisar estes dois tipos de prefixos, acompanhados de exemplos para elucidar a sua utilização.

 

Prefixos separáveis

Os prefixos separáveis em alemão são prefixos que se separam do verbo quando conjugados em certos tempos, normalmente no presente, no imperativo e no infinitivo. Estes prefixos separam-se do radical do verbo e aparecem frequentemente no fim de uma frase ou de uma oração. Aqui estão alguns prefixos separáveis comuns:

  • ab- (desligado)
  • an- (sobre)
  • auf- (para cima)
  • aus- (fora)
  • bei- (por)
  • ein- (em)
  • mit- (com)
  • nach- (depois)
  • vor- (antes)
  • zu- (para)

Exemplos de prefixos separáveis:

  1. anfangen (para começar)
    • Ich fange an. (Eu começo.)
    • Fang an! (Começar!)
  2. aufstehen (para se levantar)
    • Ich stehe auf. (Levanto-me.)
    • Steh auf! (Levanta-te!)

 

Prefixos inseparáveis

Os prefixos inseparáveis, como o nome sugere, permanecem ligados ao radical do verbo independentemente da conjugação. Não se separam do verbo em nenhum tempo verbal ou construção. Aqui estão alguns prefixos inseparáveis comuns:

  • be- (para fazer)
  • emp- (para causar)
  • ent- (de-)
  • er- (para indicar a conclusão)
  • ge- (particípio passado)
  • ver- (negar ou inverter)
  • zer- (para destruir)

Exemplos de prefixos inseparáveis:

  1. besuchen (para visitar)
    • Ich besuche meine Oma. (Vou visitar a minha avó).
  2. erklären (para explicar)
    • Kannst du das bitte erklären? (Pode explicar isso, por favor?)