Expansão de frases em alemão: Usando cláusulas subordinadas e pronomes relativos

Os alunos de alemão geralmente enfrentam o desafio de construir frases complexas. Uma maneira eficaz de melhorar a estrutura das frases é incorporar orações subordinadas e pronomes relativos. Esses elementos acrescentam profundidade e especificidade às frases, permitindo uma expressão com mais nuances. Vamos dar uma olhada em como eles funcionam e como podem ser empregados de forma eficaz.

 

Cláusulas subordinadas

As orações subordinadas, também conhecidas como orações dependentes, fornecem informações adicionais em uma frase. Elas não podem se manter sozinhas como frases completas e são introduzidas por conjunções subordinadas. Em alemão, as conjunções subordinativas comuns incluem “weil” (porque), “obwohl” (embora), e “wenn” (se/quando), entre outros.

Exemplos de cláusulas subordinadas:

  • Cláusula principal: Ich gehe ins Kino. (Estou indo ao cinema.)
  • Cláusula Subordinada: …weil ich einen Film sehen möchte. (...porque eu quero assistir a um filme).

Neste exemplo, a oração subordinada “weil ich einen Film sehen möchte” (because I want to watch a movie) explica o motivo da ação expressa na oração principal.

 

Pronomes relativos

Os pronomes relativos ligam as orações subordinadas às orações principais, referindo-se a um substantivo ou pronome na oração principal. Eles substituem o substantivo ou pronome na oração subordinada e ajudam a conectar as duas orações sem problemas. Em alemão, os pronomes relativos comuns incluem “der” (who, which, that), “die” (who, which, that), e “das” (which, that), entre outros.

Exemplos de pronomes relativos:

  • Cláusula principal: Das ist der Mann. (Esse é o homem.)
  • Cláusula Subordinada: …der gestern gekommen ist. (...que veio ontem).

Aqui, o pronome relativo “der” refere-se a “Mann” (homem) na oração principal e introduz informações adicionais sobre o homem.

 

Combinação de cláusulas subordinadas e pronomes relativos

Para criar frases complexas em alemão, é possível combinar orações subordinadas com pronomes relativos. Isso permite a expressão de várias ideias em uma única frase, proporcionando clareza e coerência.

Exemplos de cláusulas subordinadas combinadas e pronomes relativos:

  • Cláusula principal: Ich habe den Brief erhalten. (Recebi a carta.)

  • Cláusula Subordinada 1: …den du geschickt hast. (...que você enviou).

  • Cláusula Subordinada 2: …weil ich lange darauf gewartet habe. (...porque eu esperei por isso por um longo tempo).

  • Sentença combinada: Ich habe den Brief erhalten, den du geschickt hast, weil ich lange darauf gewartet habe. (Recebi a carta que você enviou porque esperei por ela durante muito tempo).

Nessa frase combinada, o pronome relativo “den” liga a oração principal à primeira oração subordinada, enquanto a conjunção subordinada “weil” introduz a segunda oração subordinada.