Verbos de ajuda (verbos auxiliares)

Os verbos de ajuda, também conhecidos como verbos auxiliares, desempenham um papel crucial na formação de frases e na transmissão de significado. Embora muitas vezes ignoradas, estas pequenas mas poderosas palavras são essenciais para a construção de frases claras e coerentes. Neste artigo, vamos analisar os verbos auxiliares, explorar as suas funções e compreender como melhoram a nossa comunicação.

 

O que são verbos de ajuda?

Os verbos de ajuda, ou verbos auxiliares, são palavras que trabalham ao lado do verbo principal numa frase para acrescentar mais significado e detalhes. Ajudam a transmitir o tempo, o humor, a voz e a ênfase numa frase. Em inglês, os principais verbos auxiliares são "be", "have" e "do". Estes verbos auxiliares podem ainda ser divididos em duas categorias: auxiliares primários e auxiliares modais.

 

Auxiliares primários

  1. Be: Inclui formas como "am", "is", "are", "was" e "were". É utilizado para indicar os tempos contínuos ou progressivos e a voz passiva.

Exemplo: Ela está a cantar lindamente. Exemplo: O livro foi escrito pelo autor.

  1. Have (ter): Inclui formas como "have", "has", "had". É utilizado para indicar os tempos perfeitos.

Exemplo: Eles fizeram os trabalhos de casa. Exemplo: Ela tinha terminado a sua refeição.

  1. Do: Inclui formas como "do", "does", "did". É utilizado para formar perguntas e negativas nos tempos presente e passado simples.

Exemplo: Gostas de chocolate? Exemplo: Gosta de chocolate? Ele não foi à reunião.

 

Auxiliares modais

Os auxiliares modais, como "can", "could", "may", "might", "shall", "should", "will", "would", "must" e "ought to", acrescentam nuances ao significado do verbo principal, expressando possibilidade, necessidade, permissão ou obrigação.

Exemplo: Tem de concluir o seu trabalho a tempo. Exemplo: Ela sabe tocar piano lindamente.

 

Funções dos verbos de ajuda

  1. Expressão do tempo verbal: Os verbos auxiliares são utilizados para indicar se uma ação está a decorrer no presente, no passado ou no futuro. Ajudam a estabelecer a cronologia de um evento.

  2. Formando perguntas e negativas: Em inglês, os verbos auxiliares são vitais para a construção de perguntas e frases negativas. Permitem um fluxo suave de conversação e uma comunicação clara.

  3. Enfatizar ideias: Os verbos auxiliares modais podem enfatizar a probabilidade, a capacidade, a necessidade ou a obrigação de uma ação, acrescentando profundidade e especificidade às frases.

  4. Expressão do estado de espírito: Os verbos auxiliares são fundamentais para transmitir o estado de espírito de uma frase, quer se trate de uma declaração, uma ordem, um pedido ou uma sugestão.

 

Lista de exemplos de verbos de ajuda

Eis uma lista de exemplos de verbos de ajuda (verbos auxiliares) em inglês:

1. Be (Verbos Auxiliares Primários):

  • am
  • é
  • são
  • era
  • foram
  • ser
  • sido

 

2. Have (verbos auxiliares primários):

  • ter
  • tem
  • tinha
  • tendo

 

3. Do (verbos auxiliares primários):

  • fazer
  • faz
  • fez
  • fazer

 

4. Verbos auxiliares modais:

  • pode
  • poderia
  • pode
  • pode
  • deve
  • deve
  • vontade
  • seria
  • deve
  • deve

Estes verbos auxiliares desempenham vários papéis na formação de frases, indicando o tempo verbal, o humor, a voz e a ênfase, como explicado no artigo anterior.